Sem o Urani, nada de RioRealblog

Conheci André quando ele era Secretário Municipal do Trabalho, no fim dos anos 90. Fui conversar com ele junto com um grupo da Associação de Moradores de São Conrado, onde eu residia na época. Queríamos achar uma solução para o lixo da Rocinha. Não conseguimos, por causa de uma rixa política na favela, entre os fieis do governador e os do prefeito.

Mas aquele dia deu para constatar que nosso jovem e energético interlocutor era brilhante. No meio de galões de cinismo, espalhados por toda a cidade, um idealista. Uma pessoa assim faz com que a gente não tenha vergonha de sonhar.

Anos depois encontrei com André numa festa de aniversário. Começamos aí uma conversa de anos, sobre a cidade do Rio de Janeiro, pontuada pelas emocionadas provocações dele nos debates do OsteRio.

Nunca vou me esquecer da vez que ele me chamou de Julia Roberts, quando quis fazer uma pergunta durante um debate. Rimos muito.

Aquele vinho tinto e aquela beringela da Osteria dell’ Angolo surtiram efeito, como bem ele planejava, ao criar o OsteRio nos moldes dos debates políticos entre vizinhos na Itália. Em 2010 eu já sentia a urgência de entrar na luta, de fazer alguma coisa para assegurar que a transformação tão-sonhada de todos nós não fosse totalmente efêmera.

Veio a ideia do blog, e pedi demissão do meu bom emprego na Editora Objetiva.

“Sensacional,” disse André, depois de ler meu primeiro post. “Yesss! ” eu pensei.

Ele soube do câncer tarde, e mesmo assim, como era a natureza dele, lutou de todas as formas possíveis. Ainda escrevia, dava palestras, pensava, cutucava. Amava muito os filhos, lindos, espirituosos e inteligentes como ele.

Que eles e todos nós levemos adiante a chama tão especial que era André Urani.

Advertisements

About Rio real

American journalist, writer, editor who's lived in Rio de Janeiro for 20 years.
This entry was posted in Brasil, Transformation of Rio de Janeiro / Transformação do Rio de Janeiro and tagged . Bookmark the permalink.

6 Responses to Sem o Urani, nada de RioRealblog

  1. tite de lamare rego barros says:

    Julia,
    Tão lindo! e tão merecido pelo André!

  2. Zaida Knight says:

    Julia,

    Muito tocante esse seu post. Eu o conheci apenas brevemente, no final de uma das palestras do Forum do Velloso, ha uns 3 ou 4 anos. Pena que o conhecimento nao tenha sido maior, porque pelo que sei agora era um homem fundamental para o melhoramento desta cidade que tanto amamos, e a quem poderiamos nos juntar nessa campanha. Que a bandeira por ele levantada continue desfraldada.

  3. Leona Forman says:

    Julia, obrigada, voce falou por todos nos que conheciamos o Andre – alguns mais outros menos, mas todos tocados pela generosidade intelectual, entusiasmo e como voce disse, amor pelo Rio de Janeiro.
    Vai fazer imensa falta.
    Abraços, Leona

  4. Alexandre Fernandes says:

    Obrigado Julia por este post, e por este blog. André era uma pessoa extraordinária, que tinha o toque genial que encanta as pessoas que querem dedicar-se a transformar o mundo em um lugar melhor, e mostra a luz para transpor todos os obstáculos. Deus agora recebe mais um dos bons, que fizeram a diferença em sua passagem por aqui.

  5. Rio real says:

    Leona, concordo mais com você com cada dia que passa. Alexandre, pois é, foi o André que nos apresentou!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s