Patinhos feios

Cartão postal

Nova imagem

Excluídos e condenados por anos, os morros cariocas –sobretudo os já pacificados– irão competir agora com o Pão de Açucar e com o Corcovado pela atenção dos turistas. Pois a Sebrae, uma agência sem fins lucrativos (custeada por contribuições obrigatórias de folha de pagamento) que fomenta o empreendedorismo, lidera o Rio Top Tour, um projeto de turismo na favela Santa Marta, (também chamada de  Dona Marta) , a primeira a ser “pacificada”, in 2008.  A Sebrae está trabalhando junto com a Investe Rio, a Secretaria Estadual de Turismo e o Ministério do Turismo, para desenvolver roteiros e eventos, fazer divulgação, treinar monitores e fomentar empresas pequenas que miram os bolsos dos turistas. A favela de Botafogo fará um festival de jazz durante cinco noites em outubro, com renomados músicos brasileiros. Há planos também para o eco-turismo no Santa Marta, e também no Alto Leme, o nome novo do Morro da Babilônia. A secretaria estadual de turismo também fará um concurso para a melhor festa de reveillon nas doze favelas já “pacificadas”, com direito a vistas espetaculares.  O próximo ponto turístico a ganhar as atenções da secretaria será a favela do Pavão-Pavãozinho, onde desde a inauguração há três meses, o novo elevador que liga o asfalto ao morro atrai uma média de 4.500 turistas por mês. .

Advertisements

About Rio real

American journalist, writer, editor who's lived in Rio de Janeiro for 20 years.
This entry was posted in Transformation of Rio de Janeiro / Transformação do Rio de Janeiro and tagged , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s